Estamos na metade do ano... Logo será dezembro e muita coisa passou por nossas vidas. Muita coisa mudou. A nossa vida está bem corrida ultimamente e a gente acaba nem se dando conta das coisas que eu faz a cada dia, seja a música que estamos ouvindo, o filme que vimos ou o que estamos sentindo. Achei no blog A Menina da Janela um projeto super legal, no qual temos alguns verbos que devemos dar continuidade a eles. O bom é que você acompanha as mudanças que aconteceram em sua vida.


#Ouvindo... Rosa de Saron - Acústico 2.3! Nossa que trabalho maravilhoso que eles fizeram nesse CD... 

#Lendo... O Guia do Mochileiro da Galáxia - Não entre em pânico! Comprei a coleção e estou gostando.

#Agradecendo... Pela nova vida que Deus me deu a oportunidade de enfrentar esse ano. Que apesar de algumas dificuldades, Ele nunca deixou de me amparar e de me ouvir. Agradecendo por ter completado um ano ao lado de alguém que gosta de mim de verdade ❤

#Pinning... Ultimamente não tenho um painel predileto, pois estou viciado em todos que falam sobre decoração. Guardando várias ideias para ajeitar o apê *-*


#Estudando... Sinceramente? Nada! Tive que trancar a faculdade por motivos de saúde mais estou louca pra voltar. Meu estudo tem sido meu trabalho diário mesmo. Graças a Deus aprendo muita coisa.

#Pensando... Em como mudar de estado e ter, quem sabe, uma vida melhor em outro lugar.

#Assistindo... Game of Thrones... mas não estou gostando. Sério!

#Necessitando... De uma boa manicure hahahaha Desde que me mudei não consegui uma por perto. Eu mesmo faço as unhas mas elas precisam de uma profissional, tadinhas... rsrs

#Planejando... Gravar um vídeo para o blog, ter meu canal. Mas cadê a coragem? rsrs

#Desejando... Uma viagem para Gramado novamente. Dessa vez ao lado do amor ❤


#Amando... Ter voltado ao meu antigo emprego.

#Vestindo... Muita camiseta e roupa leve pra conseguir sobreviver ao calor do Ceará.

#Comendo... Mais que o normal hahahaha E principalmente pipoca. Adoro pipoca e tenho comido muuuuito ultimamente.

#Sentindo... Sono... Preciso dormir um final de semana inteiro!

#Desfrutando... Do amor que tenho comigo hoje. Dos novos amigos que fiz e das novas oportunidades que Deus me deu!

Essas foram as minhas primeiras respostas pessoais. Daqui há três meses volto com o projeto pra saber se mudou alguma coisa. Espero que tenham gostado do Projeto Taking Stock e sintam-se à vontade para participar também. 

Até mais!


"Deixa ser... Deixa nascer... Deixar a roda girar... (Seja por amor)"


Reinvenção e mutação são palavras comuns no vocabulário do Teatro Mágico, e neste último álbum não foi diferente. A trupe divulgou em abril o álbum “Allehop” – antiga expressão circense – somando novos elementos a toda teatralidade do grupo, que incorpora sons eletrônicos às músicas. 

Pra quem acompanha a trupe desde de seu primeiro álbum, vai sentir uma mudança tremenda nesse novo álbum. Porém a essência do grupo continua, sua letras fortes e marcantes permanecem. 


Eu adoro divulgar o trabalho deles, porque além de fã, sou admiradora de seus projetos. Suas músicas me trazem calmaria, paz e uma vontade imensa de colocar suas músicas em todos os cantos da cidade. 

A primeira coisa que penso quando ouço as músicas d’ O Teatro Mágico é “há esperança pra música nacional”. Porque, convenhamos que, em tempos de metralhadora, encontrar letras que de fato signifiquem algo e, mais do que isso, que presenteie nossos ouvidos com poesia, doçura e sensibilidade é raro. 

Mas uma vez a banda disponibiliza seu álbum gratuito na internet, eu acho isso admirável! Recentemente, o grupo realizou a uma campanha de financiamento coletivo através do Catarse, a fim de adquirir sua própria estrutura de som, luz e box truss, para promover a turnê do novo álbum. A campanha foi um sucesso total e fechou com 393%, tendo alcançado R$ 391.634 da meta de R$ 100.000. Você pode saber mais sobre o projeto da trupe clicando aqui.

Gostou? Então confira o clip da música Deixa Ser.


Até mais!


Desculpe o sumiço meus amores, mas passei uma semana bem doente, daquelas que derrubam mesmo. Porém já estou de volta para mostrar para vocês um pouquinho do meu dia dos namorados e apresentar um local super bacana que conheci aqui em Fortaleza. 


Uma opção barata, agradável, cheia de diversão para crianças e para adultos. Isso é o Ecopoint Parque! Com uma área extremamento verde, tendo contado direto e indireto com animais como pavão, onça, arara azul, o ECOPOINT é uma perspectiva educacional bastante inovadora, algo difícil de encontrar nos dias de hoje, e vejam só... DENTRO DA CIDADE DE FORTALEZA!


O Ecopoint é uma mistura de mini-zoológico e fazendinha. Não é muito grande, mas aconchegante. Para crianças menores há shows de personagens tipo Pepa, Pintadinha. Também há uma pequena piscina, tudo rodeado de muito verde. Para os adultos existem um gramado ótimo para piquenique, restaurantes e pequenos barzinhos. Um ótimo local para juntar a família e amigos e fugir um pouco da loucura da cidade grande.


Vou mostrar para você, alguns animais que podemos encontrar por lá. O que eu mais gostei é que todos são super bem tratados e o local onde cada um fica é bastante limpo. Isso é importante!





O Ecopoint é uma ótima opção para um final de semana tranquilo. Bem localizado e com preço acessível. O ponto negativo é que não tem estacionamento, mas ele fica em frente ao North Shopping Joquéi, então você pode estacionar por lá. 



Gostei muito do Ecopoint e principalmente do açaí que é vendido lá hahaha Para as crianças então, é perfeito! Se você mora em Fortaleza, taí uma dica super legal para um dia tranquilo e em contato com a natureza.

Local: Av. Senador Fernandes Távora, 387 - Jóquei Clube

Até mais!


"Não importa o quanto tente, não importa o que escolha, tudo dará errado, por que o erro sou eu..."

Minha história de como comecei a assistir Dexter foi bem diferente. Passei em uma livraria e me encantei com a capa de um livro: "Dexter - A mão esquerda de Deus". Chamei o vendedor e ele começou a me dizer que se tratava da história de um psicopata um pouco diferente. Resolvi levar o livro e ele me perguntou se eu já tinha assistido a série. Eu disse que nem sabia que existia, então ele me indicou e o resultado foi: me apaixonei por Dexter Morgan.


Baseada na obra de Jeff Lindsay, "Darkly Dreaming Dexter", a série tem como protagonista um especialista forense em amostras de sangue, que trabalha para o Departamento de Polícia de Miami. Ele também é um assassino serial que mata as pessoas que a polícia não consegue prender. A dupla identidade tem de ser escondida de todos, incluindo sua irmã e companheiros de trabalho. Na infância, órfão aos quatro anos, Dexter é adotado por um policial que logo detecta sua tendência homicida. Com isso, consegue canalizar todo o fascínio de Dexter por vivissecção para algo que ele acredita ser "do bem": caçar os infratores da lei que estão acima da justiça e que acham brechas para praticar crimes. De dia, Dexter surpreende a todos conseguindo rastrear cada passo de assassinos em série, seguindo suas pistas com meticulosidade assustadora. Isso porque sua mente assassina o guia através dos passos dos criminosos. Após o dia de trabalho com o Departamento de Polícia de Miami, à noite, Dexter usa todo o conhecimento e instinto de serial killer para achar e matar os criminosos que ele caçou durante o dia. Isso faz com que ele viva um contraste diário entre o bem e o mal. Mas ele canaliza toda a sua vontade de matar para acabar com os outros assassinos em série. 



A terceira temporada foi a única da série que não gostei muito. Achei muito fraca e sem ação e criatividade, porém as demais fazem com que a gente fique cada dia mais viciada. Dexter é encantador e sua personalidade nos faz se apaixonar pelo fato do tipo diferente de psicopata que ele é. Começamos a torcer para ele pegar algumas pessoas, começamos a sofrer com alguns momentos em que ele passa, e o melhor: adotamos o Harrison pra gente ♥ Como não amar aquele pequeno Morgan de cabelos loiros!



O final, claro, Dexter sempre teve seu plano de fuga e o colocou em prática. Que morrer, que nada! Agora ele mora em outro país, trabalha com madeiras e ninguém sabe mais de sua existência. 

Achei que o final poderia ser diferente, mas acredito que na essência da série ele mudou de pessoa, mas não mudou seu vício. Também senti que o último capítulo aconteceu no atropelo, sem dar final aos personagens secundários. O que aconteceu com Quinn em sua “viuvez”? E Jamie? Como ficou a história do sumiço do corpo de Debra para seus amigos? Muita coisa sem responder e uma frustração que deve ter ficado em muitos fãs. Mas Dexter acabou. Foi uma boa e intrigante série. Só que com um final não muito agradável. Mas não há como não amar Dexter Morgan ♥

Até mais!

Imagens: Google Imagem


Hoje o Café com flores traz para vocês, em comemoração do novo layout, um sorteio muito bacana. Já ouviram falar da Marian Keyes? Ela é autora de livros super legais como Melancia, Chá de Sumiço, Casório e muito mais. E aqui no blog você pode ganhar três livros dessa autora. Isso mesmo! Três livros! :)


Para participar é muito simples:

– Seguir o perfil @cafecomflores1 no instagram
– Curtir a fã page do blog no facebook
- Clicar em QUERO PARTICIPAR

E depois é só clicar em Promoções e em seguida Quero Participar, lá na página e deixar seu nome e email aqui nos comentários e pronto! Você já está participando.

O sorteio será realizado no dia 01/08 e as ganhadoras serão avisadas por e-mail e deverão entrar em contato com o blog no prazo de 48 horas. Caso isso não aconteça os produtos serão sorteados novamente.

Caso haja alguma dúvida, pode perguntar. Fiquem atentas as regras, pois só ganharam quem cumprir todas tá?

Agora é só torcer para que você possa ser a ganhadora e levar esses livros lindos pra casa, boa sorte meninas! 


"BEM-VINDO AO VERDADEIRO PAÍS DAS MARAVILHAS"

E logo de capa você se encanta por essa nova aventura de Alice e sua turma. Eu sou apaixonada por essa história e esse livro me fez ir muito além daquele País das Maravilhas que a gente conhece.


O livro conta a história de Alyssa Gardner, uma jovem que ouve os pensamentos das plantas e dos animais. A garota mora apenas com o pai pois a mãe foi internada e considerada insana e instável, e alegava ouvir as mesmas vozes que Alyssa sabe que são verdadeiras. Em uma das visitas, ela descobre que cada dia sua mãe piora e que o pai havia concordado com o médico em aplicar um tratamento de choque, o que não apenas poderia transformar sua mãe em outra pessoa, como também poderia matá-la. Para impedir isso, Alyssa terá que mergulhar no obscuro mundo do País das Maravilhas e consertar os erros que a verdadeira Alice deixou pra trás, dessa forma quebraria a maldição sobre sua família. Mas a verdade é que o País das Maravilhas foi totalmente distorcido por Lewis Carrol, e Alyssa vai descobrir um lado sombrio do conto de fadas.


Todo mundo já se sentiu atraído por um livro pela beleza da capa, e com O lado mais sombrio não foi diferente pra mim. Se eu não fosse apaixonado pela história eu teria comprado somente pela capa! A trama se desenvolve no universo do País das maravilhas, mas de uma forma não tão infantil assim. É uma história mais obscura e distorcida do famoso conto de fadas de Alice, onde nem tudo é o que parece ser. 

Fora tudo isso, ainda tem espaço para uma história de amor ou melhor, um triângulo amoroso entre Alice, Jeb e o misterioso e elegante Morfeu... Jeb me encantou com sua proteção e amor sincero por Alyssa, creio que todos queriam um amigo como ele... Mas Morfeu... Ah Morfeu... Eu mesma sou apaixonada por ele! Ele é sedutor, irônico, perigoso, mas ele nos deixa uma dúvida, ele ama Alyssa ou está apenas interessado no que ela pode representar no mundo sombrio? 


O Lado Mais Sombrio é um daqueles livros que faz você entrar na leitura como se estivesse interagindo com os personagens. É um livro maravilhoso e não tenho críticas negativas, não pelo menos em questão a um livro como todo. Claro que, eu não gostei da Alyssa indecisa toda hora, mas é super contagiante. A escrita de Howard é apaixonante e simples de uma forma que te envolve cada vez mais nessa história gostosa e cativante que nos prende da primeira à última página, deixando o gostinho de quero mais nos leitores que ficam aflitos para que a continuação venha logo. Howard consegue nos levar para o País das Maravilhas e podemos ver que muita coisa pode acontecer, se forem feitas as escolhas erradas.

Para os leitores que gostam de fantasia é uma leitura que vale a pena e não deixará que as pessoas se arrependam. Super recomendo!

Até mais!